Casa da Lola… Mi casa! Su casa!

Cultura, lazer y otras pequeñas cosas

Jorge Amado e Querido

Vamos falar de coisa boa, coisa gostosa e vagarosa?

Que tal discorrer sobre Jorge Amado? Romancista, contista, crítico literário e mais. Baiano de nascimento e vivido no Rio de Janeiro, onde cursou a faculdade de Direito na UFRJ e se envolveu com o comunismo. Sua infância no nordeste e seu envolvimento político criaram a base de sustentação para as suas obras, as quais foram publicadas em todo o mundo.

Jorge Amado recebeu infindas premiações e ainda ocupou a cadeira 23 da Academia Brasileira de Letras. Entre as suas publicações mais significativas, estão: Capitães da Areia, Dona Flor e Seus Dois Maridos, Gabriela, Cravo e Canela e Tieta do Agreste, todas adaptadas para audiovisual.

Para celebrar o centenário do autor, o Museu da Língua Portuguesa realiza a mostra “Jorge, Amado e Universal”, com fotos, filmes, documentos, objetos e outras surpresas. Claro que eu, não poderia deixar de fazer a minha homenagem pessoal a essa ilustre figura, portanto, segue uma crônica rascunhada entre borracha, lápis e linhas.

Nada sei de Jorge Amado

Se soubesse que explicaria Jorge Amado, teria lido um de seus livros, talvez “Capitães da Areia”, assistido a adaptação de uma obra sua qualquer, quem sabe, “Gabriela, Cravo e Canela”.

Como, entender um homem que poderia ter sido “Leal” e se quisesse “Faria” qualquer outra coisa, mas preferiu ser “Amado”, como num romance. Romance da sua vida, sua obra mais prima, diante de tantas que presenteou quase o mundo inteiro: 49 idiomas, 55 países, negros e brancos, surdos e cegos, baianos e parisienses, sujos e polidos.

Jorge Amado é de Ilhéus, de Itajuípe e de Itabuna, conterrâneo das mesmas “Terras do Sem Fim” de Damião, Firmo e Sinhô Badaró, terras de muitos frutos, terras de inspiração. Inspiração que levou para a cidade maravilhosa e converteu em folclore, política, crenças, tradições e sensualidade brasileira. Nas raízes nacionais fincou sua bandeira comum, garantindo liberdade religiosa, direitos autorais para seus três filhos e filhos do seu país.

Tenho a impressão de que é muita coisa para uma pessoa só, mas como quem conta um conto, aumenta um ponto, para enfeitar ainda mais essa estória, podemos dizer também que ele, ganhou o Prêmio Lênin da Paz, Prêmio Camões e um tal Jabuti.

Jorge Amado retratou bem sua a nação como “O País do Carnaval”, do “Cacau”, “Seara Vermelha”, do agreste, de todos os santos, dos milagres e no “Suor” da sua pena falou diretamente ao coração desse povo, que se encheu de amor.

Desse grande escritor falta muito a ser concedido a essa humilde gente que somos. Mas ao invés de pedir a benção do Senhor do Bonfim, peço a Obá de Xangô que se soubesse que nada sei de Jorge Amado, provavelmente diria: “amor, trova e outras artes, o resto é tudo pinoia”.

Valéria Silva

Exposição

Jorge, Amado e Universal

17/04 a 08/07

10:00 às 17:00

R$ 6,00 (estudante paga meia)

Museu da Língua Portuguesa

Praça da Luz, s/n – Centro

(11) 3326-0775

http://www.poiesis.org.br

Anúncios

2 comentários em “Jorge Amado e Querido

  1. Maricélia Franco
    23 de maio de 2012

    Fui à exposição. Mto, mto legal! Tem uma parte que, particularmente, adorei. De um lado, na parede, tem o resultado de uma pesquisa (não me lembro quem fez) em que perguntaram para as pessoas qual era a raça delas – foram obtidas mais de 100 respostas diferentes, se não estou enganada – e, do outro lado, as definições que o Jorge usou em sua obras. Bom, é tudo lindo. Vale a pena ir. Resalvas de que toda última terça-feira do mês o Museu fica aberto até as 22h (bilheteria até as 21h) e aos sábados a entrada é gratuita.

    • Blog da Lola
      23 de maio de 2012

      Que delícia Mari! Você deu referências importantes sobre a exposição. Jorge Amado é um ícone e merece toda essa homenagem. Indique também para os seus amigos, pois, realmente vale a pena!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 17 de abril de 2012 por em Sala e marcado , , , , , , , , , .

Arquivos

Casa da Lola